Blog

Floriografia: a linguagem das flores

Na Era Vitoriana (1837 – 1901), muitas regras de etiqueta e comportamento foram instituídas, muitos assuntos eram proibidos e velados, especialmente no que se referia a romances. E era aí que as flores entravam.

Conhecida como a nação dos jardineiros, a Inglaterra fez história. Damas e cavalheiros britânicos usavam e abusavam das flores para se comunicarem.

A primeira publicação que revelava os significados ocultos das plantas veio da França, em 1818. Intitulada Le Langage de Fleurs, foi escrita por Charlotte de La Tour. (Confira o livro digitalizado aqui) Os vitorianos costumavam presentear com flores. Segundo Shanon O’Connor, do site 1800flowers , as flores eram usadas para entregar mensagens secretas ou não convencionais que não podiam ser ditas em voz alta. Ela afirma também que, embora nem todos os livros e dicionários concordassem em relação aos significados, as pessoas, durante esse período, geralmente eram capazes de entender as mensagens enviadas com base na forma como as flores eram apresentadas. · Se as flores fossem entregues a um destinatário voltadas para baixo, significavam o oposto do que esse arranjo simbolizava.

  • Se as flores fossem entregues a alguém com a mão direita, significavam ​​ responder "sim" a uma pergunta. Pelo contrário, se fossem entregues usando a mão esquerda, eram usadas ​​para responder com um "não";

  • Se alguém recebesse um arranjo de tremoços, hollyhocks, urzes brancas e pisões esfarrapados, recebia também desejos de boa sorte;

  • Recebendo um arranjo de delphiniums, hortênsias, oleander, manjericão e pé de aves, deveria enviar uma mensagem mais negativa, como: você não tem coragem e cuidado;

  • Já os jacintos poderiam simbolizar algumas coisas, como jogar, me perdoar ou jogos.

.Confira aqui uma pequena amostra do significado das flores:

  • Narcisos: amor não correspondido.

  • Margaridas: inocência e a pureza.

  • Rosas: simbolizavam o amor na era vitoriana.

  • Açafrões: juventude e alegria.

  • Violetas: fidelidade e modéstia.

  • Áster: paciência, elegância e fragrância.

  • Cravo: em geral, os cravos traduzem beleza e orgulho. Seu significado, no entanto, pode variar. Se for cor-de-rosa, por exemplo, representa a gratidão ou o amor de uma mulher, mas, se for branco, muitas vezes simboliza a lembrança ou o amor puro.

  • Gardênia: amor secreto

  • Hortênsias: simbolizam vários sentimentos. Um comum? Gratidão. Mas não se deixe enganar ao pensar que as hortênsias sempre simbolizam algo doce, elas também podem refletir o narcisismo ou a vaidade, dependendo da situação.

  • Orquídea: amor, fertilidade, consideração e encanto.

103 visualizações