Blog

Contraceptivos Vitorianos


As primeiras camisinhas foram usadas no século XVII para evitar a transmissão de sífilis. Embora estes sejam os primeiros registros confiáveis, existem relatos que os egípcios utilizavam membranas animais como uma espécie de proto-camisinha. O famoso mulherengo Giacomo Casanova foi um dos primeiros a utilizar a novidade como uma forma de prevenir a gravidez. Na época, as camisinhas eram feitas das vísceras de animais.


A biografia de Casanova também explica que ele tentou utilizar a casca de uma metade de um limão como uma forma primitiva de diafragma, contraceptivo que encobre a entrada do colo do útero, impedindo a fecundação do óvulo.


Em 1844, o inventor estadunidense Charles Goodyear patenteou a vulcanização da borracha, que permitiu a produção em massa das camisinhas. O processo da vulcanização impedia que a borracha se tornasse grudenta com o uso. Atualmente, a maior parte das camisinhas são produzidas a partir do látex.


Muitos dos métodos contraceptivos utilizados atualmente já eram usados por mulheres há milhares de anos. Na civilização egípcia, as mulheres utilizavam esponjas com vinagre ou suco de limão para matar os espermatozóides e evitar a fecundação. Atualmente, esponjas contraceptivas são produzidas com materiais contraceptivos modernos e espermicidas químicos.


Matéria retirada do site: https://hypescience.com

183 visualizações